9 de fev de 2017

3 Youtubers LGBTs que amo

Embora a mídia e a sociedade tenham se descontruído, abandonado velhos preconceitos, o preconceito infelizmente ainda existe, e pessoas pertencentes a grupos marginalizados permanecem silenciadas, sem ter voz e o legal do youtube é que ele funciona como mídia alternativa, a estas pessoas, que nunca teriam chances de ir para a Televisão, que utilizam deste espaço passam a discutirem ideias e tem se tornado influenciadores digitais ajudando no combate à discriminação, por falarem sobre si e sobre nós.


Nesta vibe trouxe alguns youtubers dentro do nincho LGBT e ativistas digitais que amo. (Embora assista muitos outros) esses são aqueles que a gente se inscreve de primeira, e deixa like antes de começar o vídeo, porque maroto que é maroto deixa like antes de começar o vídeo CANDY, Mandy (risos)


O primeiro canal é o Muro pequeno, feito pelo Murilo Araujo, que é formado em jornalismo, mestre e doutorando na área da análise do discurso. O seu canal surgiu em um momento que ele estava em uma treta na internet, quando o seu teclado parou de funcionar e ele impossibilitado de escrever, discutiu o tema por vídeo, gostando da experiência ele criou o canal Muro pequeno, que já é problematizado até ai. A ideia de muro é que as pessoas constroem muros ao invés de pontes, distanciando de pessoas. Ter um muro pequeno é referenciado em cada um ficar em seu canto, mas por esse muro ser pequeno as pessoas não se afastam, mantem em contato uns com os outros, acho que isso é sinônimo de empatia.


O canal Para tudo, pertence ao Danilo e é comandado pela drag Lorelay Fox que discute sobre diversos assuntos, e segundo ela, o canal que começou com um vídeo falando sobre a diferença entre drag e travesti que deu super certo e acabou caindo no gosto do público. Assim seus vídeos são voltados para a auto aceitação e aceitação de familiares LGBTs. Lorelay participou ainda do TEDx, versão regional do TED,  uma palestra para jovens que tem boas ideias e que merecem ser compartilhada.


O canal da Mandy Candy é comandado por uma piranha, mas uma piranha do amor como ela mesmo se define (risos) Mandy é uma mulher trans que além de contar suas experiências e aceitação sendo mulher trans, fala sobre diversos assuntos humorísticos e sua vida em Honk Kong, ela já tem um livro publicado, Meu nome é Amanda, e é uma pessoa divertidíssima que independente de sua orientação sexual você precisa assistir

3 comentários:

  1. Dos únicos citados o único que eu já tinha ouvido falar era o da Candy. :)
    O legal do youtube é que tem de tudo um pouco e você super dá pra se identificar com alguém. Acompanho um seriado na tv que o nome é "a vida de jazz" uma menina trans bem novinha.. Super recomendo!
    http://www.corujasemasas.com.br
    Beijos. <3

    ResponderExcluir
  2. Os três são ótimos, obrigado pela visita.
    Blog: https://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br
    Canal:https://www.youtube.com/watch?v=DmO8csZDARM

    ResponderExcluir
  3. Que legal, ainda não conhecia os canais, mas já estou indo dar uma olhada!
    Beijos
    Bluebell Bee

    ResponderExcluir